Médico acusado de ameaçar vereador Ronaldo com facão em lanchonete de Rondon
26/9/2017 as 10:58

O poder legislativo de Marechal, na atual legislatura, está envolvido em muitas polêmicas. Na noite de ontem, dia 25 de setembro de 2017, o vereador Ronaldo Pohl acusou um médico de ameaça-lo com um facão em uma lanchonete de Marechal Cândido Rondon, onde o mesmo alimentava-se de espetinho junto de sua esposa grávida, seu filho e avó idosa.

Segundo Ronaldo, o médico foi contido rapidamente pela polícia militar e tal fato teria acontecido porque a pouco tempo atrás o vereador investigou supostos médicos que estariam escalados, recebendo dinheiro porém sem comparecer.

O caso foi encaminhado para a delegacia, Ronaldo Pohl enfatiza em sua públicação em uma rede social, de que na noite de ontem (25) foi aprovado o seu projeto de lei na Câmara de Mal Cdo. Rondon onde a escala dos médicos deve ser colocada em local público e visível para que os rondonenses saibam e fiscalizem qual médico deve estar trabalhando.

Vale lembrar que a falta de médicos é reclamação constante em Marechal, seja nos postos dos bairros ou na emergência do 24h.

O médico envolvido no caso é o diretor do hospital municipal, Wesley Stantowtz, que por sua vez nega as acusações.





Leia também:

Deixe seu comentário:
Médico acusado de ameaçar vereador Ronaldo com facão em lanchonete de Rondon ::: Rondon Online :::